Avatar

sexta-feira, 26 de abril de 2013

SENTIMENTO ESTRANGEIRO OU DE VAZIO "SEM MOTIVO" APARENTE



Este post é sobre o chamado sentimento estrangeiro, aquele sentimento de sentir falta de algo ou algum lugar sem saber de quem ou de onde exatamente.

É como se algo faltasse na presente experiência, porém de dificíl exatidão do que se sente falta.

O sentimento estrangeiro embora comum não é amplamente estudado ou pesquisado, embora hajam linhas de estudo como a do Dr.Osvaldo Shimoda, psicólogo com  especialização em Análise Transacional pela UNAT – Brasil(União Nacional dos Analistas Transacionais) e em TVP(Terapia de Vida Passada) no Instituto Nacional de Terapia Regressiva a Vivências Passadas.


Esta "saudade do desconhecido" pode ser definina como sendo uma "saudade" inconsciente do mundo espiritual, de acordo com a doutrina espírita. 

Esta sensação de "vazio" é referente ao que inconscientemente sabemos que perdemos - a liberdade de espírito, as lembranças, os amigos, a felicidade relativa que tínhamos; bem como a "tristeza" se torna referente ao fato de estarmos aprisionados em corpos mortais, pesados em nossa matéria, expostos a influencias negativas, necessitados de esforços físicos e morais.
  
A sensação para alguns é motivo de grande angústia, pois não é um sentimento de alegria, ao contrário, traz tristeza e incerteza dos motivos pelo qual isso acontece.

Para a melhora da sensação de vazio pode ser encontrada através do estudo daquilo que pode nos dar um direcionamento religioso - seja em que religião for - juntamente com o trabalho ativo e constante no bem daqueles que precisam mais do que nós.

Dr. Osvaldo Shimoda em seu site menciona que frequentemente, muitos 

pacientes relatam que desde criança sentem saudade e tristeza, sem um 

motivo que justifique. "Eu mesmo quando criança, anoite, sempre que olhava 

para o céu estrelado, chorava de saudade, tristeza e sentia um aperto no 

peito, sem entender ao certo o porquê desses sentimentos.Mas somente 

passando pela regressão de memória vim a entender que a minha alma,na 

verdade, tinha saudade do plano espiritual de luz de onde vim, antes de 

reencarnar na vida presente".

Independente da causa, é importante lembrarmos que se estamos vivendo esta experiência de agora nas condições em que nos encontramos, é porque assim se aplicam as leis divinas, da justiça, do progresso, do amor e do trabalho.

Saibamos confiar em Deus e que esta jornada seja proveitosa, busquemos a felicidade nesta vida de agora, estudando para compreendermos e também atuando para nossa própria evolução.

Também eu que escrevo o post me vi em igual situação e no meu caso os estudos permitiram o entendimento de tantos porquês, sendo nós espíritos que somos, podemos buscar a fonte de nossas indagações espirituais  no campo espiritual.