Avatar

quinta-feira, 25 de abril de 2013

O CONTEXTO DA CARIDADE


Jesus quando perguntado sobre qual seria o maior de todos os mandamentos, respondeu: "Amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como a ti mesmo".

Aqui encontramos o sentido da caridade, em amar ao próximo como a nós mesmos; é através da caridade, seja moral ou material, que deixamos de lado o egoísmo, a vaidade. Amar independe do credo, da raça, nacionalidade ou qualquer outro.

A caridade material é conhecida de todos nós, beneficiando a pessoas necessitadas, amigos ou familiares; enfim a quem necessitar. Já a caridade moral está no bom uso das palavras, sentimentos ou gestos endereçadas a quem nos procura ou aos que conosco convivem.

Lembremos que a caridade caminha ao lado da fé, da esperança, da doação.

Pois através dela as esperanças e a fé são aumentadas naqueles que recebem, sendo possível, reerguer uma pessoa, amparar, incentivar e fazer crer no bem.

Todos nós já precisamos,em algum momento da vida, de uma palavra, apoio ou incentivo.

Todos nós já buscamos em Deus o socorro de nossas aflições.

Mas podemos ser também aquele que ampara, que ama, que escuta, que procura compreender o outro sem preconceitos ou julgamentos.

Podemos levar alegria aos que não tem, coragem aos que procuram ou simples sorriso no rosto, que pode mudar o dia de alguém.

Peçamos a Deus por caridade orientação, justiça, livramentos...mas saibamos também oferecer a parte que nos cabe.

Em várias passagens da bíblia, Jesus nos ensina a amar os nossos inimigos, perdoar quem nos ofende, fazer o bem sem ostentação, julgar a nós mesmos antes de procurar julgar ao outro; caridade e humildade.

Amar aos nossos inimigos não significa passar a adorá-lo, significa na realidade perdoar, não nutrir por este pensamentos maléficos, sede de vingança ou qualquer outro sentimento que poderá evoluir para a mágoa, traumas e doenças. O perdão ao outro é um respeito para conosco mesmo antes de tudo.

Jesus também ensinou que devemos orar por nossos inimigos, e por mais difícil que isto seja, lembremos que a oração é um meio de nos afastarmos do mal e suas influências; assim rezar para um inimigo é colocar nas mãos de Deus os atos deste e, pedindo que possa receber orientação e paz.

Isso porque ninguém está ainda livre de também cometer erros e injustiças "atirai a primeira pedra, quem nunca pecou" - Jesus.