Avatar

domingo, 4 de outubro de 2015

A Comissão de Milão e os Estudos sobre a Médium Eusápia Paladino - Parte I






http://www.guia.heu.nom.br/images/eusapiapaladino2.jpg
Médium Eusápia Paladino
Em 1892, época em que as pesquisas em torno dos fenômenos espirituais, notadamente os fenômenos de efeitos físicos, era extremamente profícua, uma comissão composta por alguns dos sábios mais gabaritados da época em diversos ramos do conhecimento científico e filosófico se reuniu em Milão, na Itália, para realizar estudos em torno da médium Eusápia Paladino, uma das médiuns mais conhecidas do seu tempo,e o resultado desse estudo foi publicado em um relatório, disponibilizado em sua forma integral  no livro "Fatos Espíritas" , da editora FEB.









O relatório é muito interessante e mostra a opinião de tais pesquisadores em torno dos mais diversos fenômenos espirituais que puderam presenciar. Assim começa o relatório:

"Tomando em consideração o testemunho do Professor César Lombroso sobre os fenômenos mediúnicos que se produzem por intermédio da Sra. Eusápia Paladino, os abaixo assinados reuniram-se em Milão para fazer com ela uma série de estudos tendentes a verificar esse fenômenos, submetendo-a a experiências e a observações tão rigorosas quanto possíveis.

Houve ao todo dezessete sessões, que se realizaram na residência do Sr. Fínzi, (Rua do Mont de Piété), das 9 horas à meia-noite.
A médium, convidada para essas sessões pelo Sr. Aksakof, foi apresentada pelo Cavalheiro Chiaia, que assistiu somente a terça parte delas e quase unicamente as primeiras e menos importantes.
À vista do ruído produzido na imprensa e das diversas apreciações feitas a respeito da Sra. Eusápia e do Cavalheiro Chiaia(1), resolvemos publicar, sem demora, esses resumido relatório de todas as nossas observações e experiências.

Antes de começar, notaremos que os resultados obtidos nem sempre correspondem à nossa expectativa, não porque não tenhamos, em grande quantidade, fatos, em aparência ou realmente importantes e maravilhosos; mas na maioria deles não pudemos aplicar as regras da arte experimental, que em outros campos de observação são consideradas necessárias para chegar a resultados certos e incontestáveis.
A mais importante dessas regras consiste em mudar um por um os modos de experimentação, de maneira a descobrir a verdadeira causa, ou pelo menos as verdadeiras condições de todos os fatos.
Ora, é precisamente sob esse ponto de vista que as nossas experiências parecem ainda incompletas. É verdade que muitas vezes a médium, para provar a sua boa fé, propôs espontaneamente mudar alguma particularidade de uma ou de outra experiência e, muitas vezes, ela mesma tomou a iniciativa dessas mudanças (...)

***

 (1) - As difamações e agressões comuns a todos àqueles que ousam ir contra as convenções estabelecidas.

Seguimos, agora, com os relatos dos diversos fenômenos observados.



I – Fenômenos observados à luz
Movimentos de objetos a distância sem contato

a) Movimentos espontâneos de objetos:

Esses fenômenos foram observados vários vezes durante as nossas sessões; freqüentemente uma cadeira, colocada para esses fins, não distante da mesa, entre a médium e um dos seus vizinhos, começou a mover-se e, algumas vezes, se aproximou da mesa.



Um exemplo notável deu-se na segunda sessão, sempre em plena luz: uma pesada cadeira (10 quilogramas), que se achava a um metro da mesa e por trás da médium, aproximou-se do Sr. Schiaparelli, que estava sentado perto da médium; ele levantou-se para tornar a colocá-la no lugar; mas, apenas tinha sentado, a cadeira veio de novo colocar-se junto dele.


Mesa Levitando

b) Movimento da mesa sem contacto:

Desejávamos obter esses fenômenos.
Para isso, a mesa foi colocada sobre roldanas, os pés da médium foram vigiados e todos os assistentes fizeram uma cadeia com as mãos, inclusive a médium. Quando a mesa começou a mover-se, levantamos todos as mãos, sem romper a cadeia, e a mesa, assim isolada, fez vários movimentos. Essa experiência foi repetidas várias vezes.


c) Movimento da alavanca de uma balança:

Esta experiência foi feita, pela primeira vez, na sessão de 21 de setembro.
Eusápia Paladino ao centro e a mesa levitando
Depois de ter sido verificada a influência que o corpo da médium exercia sobre a balança, enquanto nela estava sentada, quisemos observar se essa experiência poderia ter bom êxito, à distância. Para isso, a balança foi colocada por trás da médium sentada à mesa, de tal modo que a plataforma estivesse a 10 centímetros da sua cadeira.
Pôs-se, em primeiro lugar, a barra do seu vestido em contato com a plataforma; a alavanca começou a mover-se. Então, o Sr. Broffério deitou-se no chão e, segurando a barra do vestido, verificou que ela não estava perfeitamente direita; depois voltou ao seu lugar.


 Continuando os movimentos com bastante força, o Sr. Aksakof deitou-se no chão, por trás da médium, isolou completamente a plataforma da barra do vestido, dobrou este por baixo da cadeira e certificou-se, com a mão, de que o espaço estava perfeitamente livre entre a plataforma e a cadeira.
Enquanto ele estava nessa posição, a alavanca continuava a mover-se e a bater de encontro à barra de descanso, o que todos nós vimos e ouvimos. Uma segunda vez, realizou-se a mesma experiência na sessão de 27 de setembro, em presença do Professor Richet. Quando, depois de certa espera, o movimento da alavanca se produziu à vista de todos, batendo no descanso, o Sr. Richet deixou o seu lugar, perto da médium, e, passando a mão no ar e pelo chão entre a médium e a plataforma, certificou-se de que esses espaços estavam livres de qualquer comunicação, fio ou cordel.
Pancadas e reprodução de sons na mesa
Essas pancadas sempre se produziram durante as nossas sessões, para exprimir sim ou não; algumas vezes eram fortes e nítidas e pareciam ressoar na madeira da mesa; mas, como se notou, a localização do som não é coisa fácil e não pudemos fazer, a esse respeito, nenhuma experiência, à exceção de pancadas ritmadas ou diversas arranhadelas que produzíamos na mesa e que pareciam reproduzir-se, em seguida, no interior da madeira, mas fracamente.



No próximo post, daremos continuidade ao relatório, esperamos que tenham gostado. Até a próxima.