Avatar

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Preces, Mentores e Amparos

Bom dia amigos! Feliz retorno de feriado a todos e que tenhamos uma sexta e final de semana tranquilo e equilibrado.

Informamos antes de iniciarmos o post que faremos alguns posts baseados em assuntos diversos em breve, estilo FAQ - onde procuraremos responder a dúvidas dos amigos e debater algumas dúvidas recorrentes sobre a doutrina.

Caso queiram participar agradecemos, basta encaminhar sua pergunta para o e-mail luzesdobem@gmail.com que iremos responder e estudar junto com vocês leitores, o que não soubermos responder de pronto, procuraremos  buscar informações para compartilharmos, analisarmos e debatermos.

Hoje falaremos sobre preces, mentores e amparos; em nossa doutrina temos diversas obras psicografadas que nos revelam que embora tenhamos proximidade com o Catolicismo encontramos alguns mentores de diversos planos espirituais descritos nos livros que pertencem a outras correntes.

Alguns textos mostram mentores com turbantes, pedras como adornos em vestimentas, túnicas e assim por diante. O que nos relembra que independe o crédulo, a espiritualidade opera em todas, no intuito de auxiliar a todos nós, estando portanto acima das convenções puramente humanas.

Deste modo a própria doutrina recomenda a leitura e estudo de obras que estão fora do Espiritismo mas que carregadas estão de conhecimentos, vale muito a pena conhecermos algumas, no site da FEB há algumas indicações, assim como em algumas obras da doutrina.


As preces se observarmos de perto são meio de contato com nossos amparadores, assim como são nossos pensamentos quando voltados pela solicitude, gratidão ou conversa com guias espirituais.Não há nenhuma prece que não carregue em si este contato, incluindo nossas íntimas e que não seguem nenhum texto já difundido.

Deste modo somos todos ouvidos, independente das palavras que recorremos; e sim,como sabemos, amparados mesmo quando não temos força momentânea para fazermos uma prece.

As preces não apenas nos fortalecem como são meios de nos protegermos, e poderá algum amigo leitor se questionar sobre esta proteção, que não significa em momento algum um simples e bom hábito.

Somos energia e tudo que nos circunda também são energias, estas energias vibram conforme nossos pensamentos e sentimentos, quando elevamos nossos pensamentos em prece estamos nos colocando em vibrações mais elevadas, fato que os estudos também promovem pela lucidez que nos traz.

Razão pela qual indicamos o Evangelho no Lar e estudos como mencionamos no início do post que vão além dos inúmeros que temos na doutrina.

Os que ainda não se debruçaram em obras mais variadas, ficarão impressionados com a semelhança, incluindo relatos de fenômenos; obras que nos apresentam questões morais, filosóficas e que observam as questões humanas no tocante a fé, amor, justiça,igualdade e assim por diante.

Mencionamos os amparos também neste post, vejam que estes amparos acontecem incessantemente, na maior parte das vezes de modo sutil e por vezes utilizando-se de pessoas próximas de nós, ou nos esclarecimentos obtidos  em palestras, num conforto de um ouvinte, através de um texto que nos identificamos e nos permite reflexões e lucidez. Sim, há ainda os amparos mais diretos, de intercessão, que nos livram de obstáculos quando desnecessários são.

Certeza que cada um tem ao menos uma passagem para lembrar e contar.

Há um conto que achamos relevante compartilharmos e refletirmos:

Uma senhora de muita fé estava em sua casa quando houve na cidade tempestade tão forte e rápida que em instantes alagou grande trecho, sendo sua casa uma destas que ficou submersa em meio ao alagamento.

Esta senhora conseguiu subir no telhado da casa e rogou a Deus, afirmando que sempre seguiu seus princípios com amor e honestidade.Enquanto orava surgiu um grupo em um bote e ofereceu-lhe auxílio; negou o socorro pois estava a espera de um socorro divino. Passou momentos depois outro pequeno bote e procedeu a cena de igual modo.

A senhora vendo a situação se agravar rogou em prantos auxílio divino e neste instante chegou o corpo de bombeiros não apenas para acalmá-la com palavras como para remove-la do telhado, oferecendo bote e colete salva vidas.

No entanto novamente negou o auxílio e tomando proporções maiores o alagamento provocou o desencarne da senhora.Esta, após ser resgatada por amparadores espirituais questionou porque não fora atendida por Deus, crendo-se uma pessoa tão cheia de fé e amor, digna de mérito.

Ouviu como resposta que fora sim amparada e três vezes, negando-se no entanto exatas três vezes.

O conto que talvez alguns conheçam mostra bem a questão dos amparos, vezes sutis mas que estão entre nós a nos auxiliar. 

Um excelente livro que estamos no momento lendo chamado Maria, psicografado pelo espírito Miramez traz informações da chegada de Maria e de Jesus, os amparos que favoreceram a chegada de ambos e com o que se depararam antes e após reencarnarem. Recomendamos a obra.

É um livro que mostra os processos de amparo e sua sutileza, a ação dos espíritos elevados, conflitos entre a ignorância e o amor.

Infelizmente não podemos compartilhar nenhum trecho da obra, devido aos direitos autorais, mas faremos uma análise quando encerrarmos a leitura para compartilharmos com vocês e então debatermos melhor.Como estamos ainda no início, quem desejar adquirir o livro para melhor acompanhar, deixamos o convite.

Desejamos neste final do post uma recordação, que tenham todos a certeza dos amparos, a própria existência é grande oportunidade; problemas e obstáculos quando nos chegam acabam por nos transformar e burilar, sabemos que não são fáceis mas também guardamos a certeza de que sendo necessários, são estes que nos trarão maior lucidez.

Ainda há para a maioria passos a serem dados, que possamos caminhar nos recordando dos nossos mentores e da parte boa que nos cabe nos nossos convívios e para com nós mesmos. Não nos esqueçamos do Evangelho, da boa palavra de textos diversos, de refletirmos diante das questões que nos chegam.

Sem carregarmos pesos desnecessários, sem culpas, todo tempo que ainda temos pode ser transformado em tempos melhores. Façamos nossas preces, elevando nossos pensamentos e energia.

O equilíbrio começa em nosso desejo, sejamos nós a paz que buscamos, para finalizarmos, incluímos este vídeo com mensagem para Evangelho que deixamos disponível em nosso canal do Youtube e no endereço www.canalluzes.tk com fluidificação da água ao final.



Abraços fraternos, luz e paz!

Alexandre e Flávia.