Avatar

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Catalepsia Projetiva, o Fenômeno que Todos Passam (Matéria e Vídeo)



Amigos leitores, como estão? Esperamos que todos bem!

Hoje vamos falar sobre a chamada catalepsia projetiva, fenômeno comum a todos nós. Também denominada de Paralisia do Sono e Desdobramento.

É tema de relevância importância, há quem os que já experienciou lucidamente, outros semi conscientes ou ainda sem nenhuma consciência.

É quadro comum um indivíduo, que  não detendo informações sobre o assunto, sinta medo ou angústia por não conseguir se mover no estágio entre o sono e a vigilância. Este documentário com inúmeros depoimentos auxiliam nossa maior compreensão.

Podemos indubitavelmente colocar esta ocorrência como mais u aprova da nossa continuação, fora do corpo físico, onde operamos não apenas com nosso perispírito como também como nossa consciência.

O documentário foi postado no Youtube pela ViaCons Filmes, que bem abordou o tema através de relatos e imagens.Postamos vídeo de David J Hufford em inglês, que também apresenta seus relatos no documentário em português, ao amigos do exterior,o documentário no entanto não encontramos em outras línguas.

Já acordou sem conseguir se mover, falar? Ou ocorreu durante estágio entre o sono e a vigília? é desta situação que chamamos de catalepsia.

Lembramos que as saídas do corpo acontecem a todos, seja lúcida ou não, no período em que estamos dormindo; as diferenças entre as saídas está na razão desta consciência, assim poderá o espírito liberto do corpo inconsciente estagiar próximo de seu corpo físico, nas mediações ou ainda realizar tarefas cotidianas. Havendo lucidez pode experimentar inúmeras situações, como podemos averiguar no documentário.

Alguns amparos e tratamentos são realizados por médiuns utilizando as saídas do corpo, não apenas no meio espírita, como também fora, pois sair do corpo não significa estar sujeito à alguma filosofia, religião ou crença, simplesmente natural como é, ocorre comumente e sem distinções. 

No vídeo podemos observar que a Medicina ainda tem campo a explorar, antes considerando patologia o estado de catalepsia, hoje já reconhece como algo a ser melhor estudado e avaliado, visto que ocorre a pessoas sem qualquer desordem psíquica ou emocional.Bravo! O caminho é este mesmo! Vejam no entanto que o progresso está em vias de acontecer, ainda não sendo uma realidade, o que permite, infelizmente, que psiquiatras avaliem a catalepsia com presenças ditas estranhas como esquizofrenia ou patologia grave. Ainda bem que seguimos aos poucos por outros rumos, co novos estudos, que reconsideram,aos poucos tais supostas patologias.



Com a ciência de ser a catalepsia comum, novos paradigmas são apresentados. O documentário tem 1:14:54 de duração, recomendamos que os amigos assistam. Acreditamos ser também relevante afirmarmos que esta mesma experiência já ocorreu comigo, que lhes escrevo, então não se trata apenas de relatos que consideramos possíveis, não, são ainda relatos que posso somar como partícipe. E por que é importante afirmar que além dos relatos do documentário há o meu pessoal? Para que a verdade seja apresentada como de fato é, assim, cientes que muitos já experimentaram ou experimentam as saídas do corpo, incentivamos que nos relatem para aprendizado e como partilha suas experiências.

E para o leitor que experiencia, mas prefere se abster da experiência, primeiro sugerimos que estudem para melhor compreenderem o fenômeno, há o IPPB por exemplo, que pode ser acessado neste sentido com relatos, curso e palestras envolvendo o tema, indicamos. E para que cessem de experimentar até que tenham maior compreensão, é simples, embora não impeça de novas experiências, basta que se respire mais intensamente, a adrenalina promove a reacoplagem do perispírito no corpo físico e se desperta com mais rapidez. Mas observem que importa o estudo, tudo que acontece há uma razão e pode significar uma grata experiência, quando se compreende a catalepsia. Há insegurança? Há problemas em sair do corpo? Como entender melhor as sensações de flutuação, choques elétricos e outras? O que pode vir a acontecer? Por que há percepções físicas? Para estas respostas amigos precisaremos de mais um post, se houver interessados faremos um com tais considerações, desde que solicitados pelos leitores.

O documentário se utiliza de jargões próprios de Waldo Vieira, os quais renomeou alguns conceitos espíritas, mantendo no entanto a mesma base, quando o vídeo relata sobre ataques extrafísicos é que percebemos mais claramente as diferenças dos conceitos - fazemos uma ressalva apenas, de que conscientes ou não o que nos ataca ou agride ou influencia, assim procederá, estando nós conscientes ou não, não é o fato de não "vermos" que deixam simplesmente de existir.

As técnicas apresentadas no vídeo são de energias, sabemos que podemos criar campos energéticos de defesa, aos que não sabem, nos protegemos quando elevamos os pensamentos, nos afinizamos com os bons sentimentos, quando oramos ou ainda quando pelo pensamento criamos um campo de luz em torno de nós; há técnicas, mas o que vale, sem dúvida, é a lucidez, os atos,pensamentos e sentimentos equilibrados, que operam sempre em nosso favor.


Bom documentário a todos, paz e luz!




Em inglês, David J Hufford: