Avatar

sábado, 29 de junho de 2013

Diante o Desânimo - Reflexões


Estresse, tensões, frustrações profundas, sensação de vazio, perdas ou separações podem ocasionar o desânimo.
O primeiro passo é tentar observar os motivos que causam o desânimo e após a identificação buscar auxílio - existem várias formas de tratamento, da tradicional até as holísticas, para que possa escolher procure saber mais sobre cada uma das formas de tratamento.
Há casos em que se observa a necessidade de um diagnóstico psicológico, se este for o caso não se detenha e busque um especialista, ainda assim poderá contar com outros meios para se sentir fortalecido(a).
Existem pessoas que desde muito cedo, ainda na infância já apresentam o desânimo, existem exames médicos que permitem identificar as causas físicas como por exemplo falta de vitaminas no organismo, hipotireoidismo ou outras possibilidades.
Observe igualmente o tipo de vida que está levando, se muito ociosa ou muito tensa, pois são fatores que desequilibram e geram o desânimo.Reflita sobre o que lhe fala o íntimo, não se exclua do convívio social, não cultive a vitimização e não se entregue , reaja para conseguir se ver livre das causas que lhe levam ao desânimo.
Abaixo reuni algumas mensagens para ajudar na reflexão, não nos esqueçamos que cá estamos, todos, em meio a lutas para aprendermos e evoluirmos, nunca pense que cá estamos por um descuido, acaso ou para sofrer – jamais!
"Quando você se observar, à beira do desânimo, acelere o passo para frente, proibindo-se parar.
Ore, pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras.

Faça algo de bom, além do cansaço em que se veja. Leia uma página edificante, que lhe auxilie o raciocínio na mudança construtiva de idéias.
Tente contato de pessoas, cuja conversação lhe melhore o clima espiritual.

Procure um ambiente, no qual lhe seja possível ouvir palavras e instruções que lhe enobreçam os pensamentos.
Preste um favor, especialmente aquele favor que você esteja adiando.
Visite um enfermo, buscando reconforto naqueles que atravessam dificuldades maiores que as suas.
Atenda às tarefas imediatas que esperam por você e que lhe impeçam qualquer demora nas nuvens do desalento.

"Guarde a convicção de que todos estamos caminhando para adiante, através de problemas e lutas, na aquisição de experiência, e de que a vida concorda com as pausas de refazimento das nossas forças, mas não se acomoda com a inércia em momento algum" -André Luiz psicografia de Chico Xavier
  
"Desânimo, em muitos casos, é ausência de aceitação do que ainda somos, ante a pressa de ser o que outros, pelo esforço próprio nas estradas do tempo, já conseguem ser"EMMANUEL

"Quando o organismo se debilita, seja qual for a causa - enfermidade, estresse, frustração - as resistências psicológicas diminuem, dando curso à manifestação do desânimo, que se expressa em forma de cansaço e desinteresse por tudo quanto cerca o indivíduo, mesmo aquilo que antes era uma fonte de entusiasmo e fortalecimento" - JOANNA DE ÂNGELIS
  
"Receando o labor bendito ou dele fugindo, mediante mecanismos de evasão inconsciente, a criatura se deixa envenenar pela psicosfera mórbida da auto-piedade, procurando inspirar compaixão antes que despertar e motivar o amor". - JOANNA DE ÂNGELIS

Paz e luz!