Avatar

domingo, 19 de janeiro de 2014

Uma Reflexão sobre as Experiências Fora do Corpo, os Fenômenos Mediúnicos e a Imortalidade da Alma



        Os fenômenos da classe fenomênica denominada de experiências fora do corpo demonstram que a mente humana, o Espírito, o ser pensante, é capaz de separar-se do corpo físico, temporariamente, e perceber todo ambiente ao seu redor. A palavra usada anteriormente,"perceber", nos deve atentar para o fato que, o que se separa do corpo não é apenas uma mente abstrata, mas, sim, um organismo com propriedades sensoriais, ou seja, capaz de perceber sensações oriundas dos sentidos como: ver, ouvir e sentir. O que, como corolário, nos leva a concluir que há toda uma fisiologia própria, oculta, ainda por ser estudada.

Ora, se o Ser Humano é capaz de separar-se do corpo, enquanto o corpo está vivo, levando consigo a consciência individual, a memória integral, e as suas propriedades sensoriais, a pergunta que segue é perfeitamente válida: "Será que o Ser Humano continua existindo fora do corpo, nas mesmas condições em que se encontra quando fora dele, ainda vivo, depois de morto ?" Como verificar isso ? Há duas formas: a forma direta, que consiste em entrar em contato com a pessoa que já morreu, por via mediúnica, constatando suas características psicológicas próprias e idiossincrasias do comportamento.

Forma essa, hoje, largamente divulgada e estudada por diversos cientistas de vários ramos do conhecimento como: William Crookes, Oliver Lodge, Ernesto Bozzano, Myers, Lombroso
Ian Stevenson, Allan Kardec, Brian Weiss entre outros, que estudaram desde os fenômenos mais comuns como a psicografia - cujo maior ícone no mundo foi o médium brasileiro Francisco Cândido Xavier que, mesmo tendo concluído apenas o primário psicografou mais de 400 obras de cunho filosófico-moral, com a ajuda de mais de 100 autores já mortos, destacando-se o seu mentor espiritual, Emmanuel, Espírito de uma envergadura moral e intelectual  admirável - indo até os fenômenos raros, como os de materialização e voz direta, que ainda hoje acontecem dentro reuniões das mediúnicas ou na intimidade do lar, de onde não saem mais comumente por medo da ignorância e por consequência, normalmente, do preconceitos dos que não estão acostumados com a realidade espiritual objetiva, direta e não especulativa. 




Abaixo, indicamos algumas obras para quem deseja um contato mais direto com experiências feitas por cientistas acerca da Mediunidade.
...

A segunda forma, de responder a pergunta feita acima - "Será que o Ser Humano continua existindo fora do corpo, nas mesmas  condições em que se encontra quando fora dele, ainda vivo, depois de morto ?" Como verificar isso ? - é a forma indireta(para o pesquisador, porém não para quem vivencia o fato) que consiste em uma pessoa, fora do corpo, entrar em contato direto com uma pessoa que já morreu, com um detalhe especial: essas pessoas não se conheciam enquanto uma delas estava viva. Dra.Elisabeth Kluber-Ross nos mostra um caso por ela pesquisado:

"(...)Um dos casos, porém, bastou para convencer-me[dá realidade do fenômeno]. Uma menina de doze anos contou-me que escondera da mãe sua experiência de quase morte. Explicou que tinha sido uma experiência tão agradável que ela, naquela hora, não queria voltar. "Não quero dizer à mamãe que existe uma casa melhor do que a nossa." Acabou contando tudo ao pai, com todos os detalhes, inclusive como tinha sido abraçada com grande carinho pelo irmão. O pai ficou impressionado. Até aquele momento, quando então ficou sabendo do fato pelo pai, nunca lhe tinham dito que tivera realmente um irmão. Ele havia morrido alguns meses antes do nascimento dela."



Com o acima exposto e considerando a consulta do leitor às obras indicadas, podemos perceber muito claramente a ligação íntima entre os fenômenos de experiência fora do corpo e os mediúnicos em seus aspectos que objetivam demonstrar com clareza a realidade espiritual e suas consequências inerentes.

Bibliografia:

-Fatos Espíritas por William Crookes;
http://www.almateca.tk/biblioteca/william-crookes/William%20Crookes%20-%20Fatos%20Esp%C3%ADritas.doc

Exemplar original na biblioteca de Harvard:
http://hollis.harvard.edu/?itemid=|library/m/aleph|004529597

-Fenômenos de Transporte por Ernesto Bozzano;
http://www.almateca.tk/biblioteca/bozzano/Ernesto%20Bozzano%20-%20Fen%C3%B4menos%20de%20Transporte.DOC

-O Fenômeno Espírita de Gabriel Delanne;
http://www.almateca.tk/biblioteca/delanne/Gabriel%20Delanne%20-%20O%20Fen%f4meno%20Esp%edrita.doc

-Análise das Coisas de Paul Gibier;
http://www.almateca.tk/biblioteca/gibier/Paul%20Gibier%20-%20An%C3%A1lise%20das%20Coisas.doc

-Mecânica Psíquica de William Crawford
http://www.almateca.tk/biblioteca/william-crawford/William%20Jackson%20Crawford%20-%20Mec%C3%A2nica%20Ps%C3%ADquica.doc