Avatar

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Comunicação Psicofônica : Reflexão sobre os Sentimentos

Amigos, vou transcrever uma comunicação psicofônica ocorrida no mês de outubro deste ano, nesta comunicação encontramos os sentimentos sendo discutidos por um mentor (M) e um dialogador (A), creio ser relevante compartilhar com vocês as explicações através de alguns trechos para que possamos refletir.

Abraços!

..... M.:"Jesus Cristo na Bíblia disse que :onde dois ou mais estiverem reunidos eu aí estarei no meio deles; não é isso que diz a Bíblia meu filho?
A.:Isso 
M.:Porque onde dois ou mais estiverem reunidos Jesus estará no meio deles? Porque existe um aumento deste campo de energia..um só é capaz de fazer, estabelecer este campo de energia, mas dois amplificam. 
Vocês vejam que tudo que é colocado pela espiritualidade existe sua razão e a interligação entre todas as coisas, porque são os sentimentos que vão estar sendo colocados, as pessoas debatendo, colocando os seus pensamentos nisso, entrando os próprios sentimentos naquele campo energético..e porque Jesus estará no meio deles?
Porque com o padrão mental elevado, quem é que vai se afinizar naquele ambiente? Bons espíritos, não é?
A.:Isso.
M.:Portanto Jesus estará no meio deles. O filho consegue compreender?
A.:Sim,sim.
M.:Porque se vocês não compreenderem, eu falo de uma outra forma mais fácil para vocês compreenderem.
A.:Estamos compreendendo sim.
M.:Então nesses lugares tumultuados, ou essa reunião de pessoas, quem estará no meio deles? Você veja, mais uma vez, é o mau uso do livre arbítrio. Existem os pensamentos que são emanados e agora vamos poder encaixar também o sentimento, que antes não havíamos falado,mas que é importante, porque faz parte de todo processo..ele impulsiona isso.O sentimento é um grande amplificador de coisas positivas ou negativas.
A.:A gente poderia considerar o egoismo como um desses sentimentos?
M.:O egoismo sim...porque o que é o egoismo? 
A.:Está me perguntando?
M.:Sim, estou lhe perguntando
A.:Eu penso que seja a ação da pessoa fazer tudo em prol de si mesma, em detrimento de outros.
M.:Sim, porque ela precisa estar em primeiro lugar? ou suas vontades serem atendidas?.....Vocês vão conseguir compreender quando vocês perceberem..se conhecem alguém que em algum momento se expressa de forma egoista  tentem analisar..a melhor lição é a da observação, viu uma pessoa irritada..tente perceber como que aquela pessoa está agindo, tente perceber que muitas pessoas, as vezes, quando estiverem em contato com outras pessoas acabam se influenciando por aquela energia, percebam isso. 
A.: Sim.
M.: Ou de alegria, quando alguém chega até mesmo numa reunião de trabalho, digo trabalho espiritual, e chega feliz e lhes dá bom dia, ou boa tarde, cheia de alegria é como se aquele sentimento invadisse a todas as pessoas ali presentes..então tentem perceber isso,observem isso ...aí vocês vão conseguir compreender melhor os sentimentos, através da observação, a observação, é grande lição.
A.:É, o senhor falou a respeito do movel do egoismo...eu não consigo identificar
M.:O filho queria saber o que é o egoismo?
A.:Não, o móvel, o móvel do egoismo..porque o senhor falou porque que elas necessitam que elas sejam atendidas não é?
M.:Porque existe um descontentamento, essas pessoas não conseguem enxergar o outro e varia o grau, estão presas ainda dentro de si, dos seus sentimentos não resolvidos, dentro daquele livre arbítrio que não sabem ainda como operar ; seus pensamentos se confundem , é um total desequilíbrio o egoismo...é um desequilibrio do livre arbítrio, do pensamento e dos sentimentos.
A.:Exatamente
M.:É outra palavra que..você veja que são palavras mas que devemos observar mais de perto para entende-las; porque aquilo que entendemos, que venha a acontecer conosco, seremos capazes de compreender e se reconhecermos, provavelmente estaremos imunes a eles....desde que seja uma lição aprendida...daí você veja que se eu disser faça a reforma íntima e não seja egoista, isso não dirá muita coisa.
A.:Até mesmo porque, quando eu comecei a estudar a espiritualidade, comecei a me questionar o que seria o egoismo, para se poder tirar isso é preciso saber primeiro o que é e até mesmo o próprio dicionário não consegue expressar isso direito ainda, de maneira correta.
M.:O filho acha que eu me expressei de maneira compreensível?
A.: Sim eu entendi sim e é exatamente o que eu havia pensado, porque é até difícil compreender o que é o egoismo; tem que observar como o senhor mesmo disse 
M.:Sim, até mesmo se observarmos uma criança aprendemos muitas lições, porque a criança é como se ela estivesse travando com vários sentimentos, e porque são espontâneas conseguimos aprender muito com elas; quando ela está brincando com algum brinquedo qualquer e alguém toma esse brinquedo e diz: é preciso compartilhar, dê um pouco para o seu irmão ou amigo, para o colega..e aquela criança provavelmente não vai gostar e a mãe ou pai ou educador diz: não seja egoista, você tem que compartilhar com o outro também...não é isso que geralmente acontece?
A.:Exatamente
M.: Aquela criança sentia que aquilo lhe pertencia, então como que ela vai dar aquilo que lhe pertencia para o outro? Aquilo que era objeto de seu interesse, que lhe causava curiosidade, que lhe entretia, de repente vai para a mão do outro...isso é no caso das crianças, mas podemos aplicar também para os adultos, com muito mais profundidade.
A.:Sim,sim
M.:Porque não é somente quando lhes retiram alguma coisa ou inclusive em novas encarnações quando alguma coisa lhes são tiradas, algumas pessoas acabam desenvolvendo apego extremado...quando reencarnam e nessa nova reencarnação alguma coisa lhe é tirada acabam desenvolvendo um apego extremado as pessoas ou as coisas e há as que observamos que se apegam a tudo...na realidade é bem vasto como quase tudo é ...porque não envolve apenas uma única vida, mas outras também e  a pessoa já traz esse sentimento com elas, a sensação de perda as acompanham.
Na verdade as pessoas egoistas  não conseguem enxergar o outro , estão como presas em si, nas suas vontades, nos seus vícios, nas suas vaidades, nos seus interesses e aquilo lhes pertence de tal forma que outra coisa não poderia lhes preencher..elas não poderiam enxergar o outro, como a criança não enxerga o amiguinho ou o irmão.
Porque para ele não importa, não lhe interessa, ele não vai enxergar o outro, mas sim aquilo que ele deseja. Mas existe uma escala também, da intensidade do egoismo, há pessoas que são egoistas só em determinadas situações ou ainda o egoismo é direcionado a uma determinada pessoa. Ainda existe o ciúmes, a inveja, uma série de sentimentos; então para podermos falar melhor deles eu peço para que vocês observem como uma forma de compreender, que observem as pessoas com as quais vocês vão estar."
...."M.: Os sentimentos meu filho...é uma boa lição porque se interliga com o pensamento e o livre arbítrio . Existem variados sentimentos, numa escala de sentimentos menores até sentimentos maiores, muito elevados que se aproximam de Deus e ai nesses sentimentos eu gostaria q vocês refletissem sobre os sentimentos de amor, rancor, de revolta, de paz.

A.: Eu refleti sobre isso há um tempo, mais ou menos, e a conclusão que eu cheguei, apesar de ser um pouco complicado, é que devemos buscar sempre ter bons sentimentos, por conta do nosso próprio bem estar, acho que quando se está bem, acho que você sente isso no próprio corpo.
M.:Sente meu filho, porque são todas energias, um pensamento é sempre impulsionado por uma emoção, um sentimento e isso fortalece o pensamento, criando imagens, campos energéticos, estabelecendo vínculos; razão pela qual os sentimentos são muito importantes, muitas vezes as pessoas pelo próprio sentimento se cristalizam em alguma condição desfavorável a si mesma como os casos de doenças, dos vícios.. .existem muitos vícios que são motivados pela falta de amor, o amor próprio, que as pessoas confundem as vezes com o amor de outra pessoa, acreditando que algo lhes falta, muitas pessoas mergulham nos vícios, quando na realidade é uma falta de amor próprio, amor a vida, a Deus, as oportunidades..por isso é considerado suicídio.
A falta de amor próprio é um sentimento também filho."

....."M:Mas esta parte é uma parte favorável, porque o que nós carregamos assim que nascemos e que na realidade faz parte de nós? toda  vez que se desencarna e vamos para o plano espiritual relembramos que a espiritualidade é um fato ..retornamos para cá muitas  vezes com alguma recordação, seja porque a missão necessita que recordemos de algo,ainda que intuitivo,mas todos nós retornamos com uma consciência ou semi consciência da espiritualidade..é um sentimento também..alias é um sentimento que nos acompanha e vai nos acompanhar por toda jornada ..é um sentimento..e como o sentimento muitas vezes não é observado, não é refletido pode gerar um outro sentimento, você veja como os sentimentos são interessantes, as vezes eles se casam,se somam a outros sentimentos e as pessoas as vezes se perdem porque não conseguem compreender nem aquilo que passa com elas mesmas, exatamente porque não observam seus sentimentos. O homem muitas vezes conhece pouco de si..e aí em muitas palestras ouvimos que o homem deve ter a consciência de si, fazer a reforma íntima, e meu filho eu me pergunto como fazer uma reforma íntima, como ter  a consciência de si? Você está vendo que nós estamos pouco a pouco falando cada uma das etapas  que envolvem a todos nós...vocês perceberam isso? é um passo a passo.
Eu não cheguei falando façam a reforma íntima, conscientizem-se de si, porque que eu não fiz isso, o filho sabe me responder?
A.:Porque isso não acontece da noite para o dia não é?
M.: Exatamente e existe uma ordem racional para que vocês possam refletir.
A.: Exatamente
M.:Uma ordem , porque tudo começa como eu falei, com o livre arbitrio, pensamento e o amor e agora estamos incluindo os sentimentos, mas eu não poderia chegar como acontece nessas palestras tantas,  falar conscientizem-se, façam a reforma íntima..assim como no trabalho de amparo, de desobsessão, vocês não devem falar isso: reformem-se.
Como que a pessoa vai se reformar? Por isso que as vezes as palestras para muitos são como surdas para algumas pessoas, porque eles não conseguem compreender..as palestras deveriam ser pensadas antes de serem feitas, dadas, elaboradas e comunicadas".